O que é a osteopatia?

0

Osteopatia é uma medicina não convencional, que usa técnicas manuais para diagnosticar e tratar uma grande variedade de problemas de saúde, principalmente na coluna vertebral.
Baseia-se na filosofia de que o corpo funciona como uma unidade composta de diferentes partes móveis, como sejam os músculos e as articulações, os órgãos e as vísceras, a circulação sanguínea ou as interacções microscópicas entre as células.
Considera-se que quando o corpo não apresenta restrições de movimento é capaz de lidar melhor com a dor, o stress e as doenças, tendo então um poder de auto-cura superior.
Todas as partes do corpo funcionam juntas de uma forma integrada. Se uma das partes está limitada, as restantes deverão sofrer adaptações e compensações, eventualmente levando à inflamação, à dor, à rigidez e a outros problemas de saúde.
Os maiores problemas incidem normalmente na coluna vertebral, onde o osteopata tem um papel muito importante, uma vez que é o único especialista que consegue, através das mãos e sem cirurgia, recolocar as vértebras na sua posição anatómica.

Os osteopatas estão habilitados para ter uma abordagem holística ao paciente, ou seja, tratam o corpo como um todo de uma forma sinergética. Ao incidir a terapia manual numa certa área do corpo, podem estar a curar um problema que o enferma noutro lado.

A osteopatia consegue ser utilizada para diagnosticar, tratar e prevenir uma doença, permitindo ao corpo que se cure a si mesmo.

Os problemas articulares acontecem quando os músculos ficam tensos e forçam os ossos a saírem do lugar, o que vai criar uma situação de mal-estar e muitas vezes dores intensas, o mesmo acontece através de traumatismos e posteriormente degenerações ósseas.

Enquanto o problema não é tratado, o corpo contrai os músculos, para evitar o movimento, e para tentar eliminar a dor do sítio afectado.

Com cada movimento que faça, as dores começam a ser cada vez mais insuportáveis e a acumulação de líquidos começa a ser cada vez mais uma realidade.O osteopata utiliza as mãos para perceber os movimentos e tensões do corpo, através de várias técnicas manuais suaves e não invasivas.

Isso significa que pessoas de todas as idades podem consultar um osteopata, desde o recém-nascido ao idoso.

Tratamento
O tratamento osteopático influencia o funcionamento fisiológico do corpo humano ao tratar músculos, articulações e fásciais. Melhora a circulação, a função do sistema nervoso e imunológico, a digestão e a respiração.

A melhor opção é recorrer a um osteopata profissional, que, através do recurso à manipulação óssea e manipulação de tecidos moles coloca as articulações na sua posição anatómica (nos locais certos), reequilibrando e melhorando a postura do paciente.

Assim que os ossos se encontram na sua posição anatómica, os movimentos começam a ser mais soltos e a circulação irá começar a ser feita de uma maneira mais escorreita, com o fluxo de líquidos a ser drenado, e não acumulado.

Para evitar o agravamento da situação, a altura ideal para tratar destes problemas é no princípio, quando começam as primeiras dores, o que permite uma resolução muito mais simples e eficaz.

COMO A OSTEOPATIA O PODE AJUDAR

A osteopatia visa tratar destas patologia mobilizando as articulações, recorrendo a técnicas que só os especialistas conhecem e devolvendo à coluna vertebral as suas funções originais, sem dores nem complicações. Hérnias discais, degeneração discal e artrose na coluna vertebral são alguns dos problemas mais graves que a Osteopatia pode solucionar, evitando, a maior parte das vezes, a cirurgia por completo.

Fonte:Osteopatajoaosilva

 

Partilhe.

Deixe o seu comentário