Sabe quais são os sintomas de gravidez?

0

A gravidez é um momento importante para a Mulher, os sintomas de gravidez não são iguais em todas as mulheres, fique a saber mais sobre quais são e porque eles acontecem.

Fim da menstruação

O endométrio, camada interna do útero descama-se quando naquele mês não houve gestação, sendo a causa da menstruação. Caso a mulher engravide, é no endométrio que o embrião desenvolve-se, não ocorrendo o sangramento mensal. A ausência de período é o primeiro e o mais comum sintoma de gravidez.

O sangramento durante a gestação é anormal, pode ser a causa de aborto nos primeiros meses de gravidez. Pode ocorrer um pequeno sangramento no período inicial, durante a implantação do embrião, contudo em qualquer caso de ocorrência de sangramento deve consultar de imediato o seu médico.

Enjoo

Normalmente no inicio da gestação, surgem diversas vezes vómitos. É outro dos sintomas de gravidez mais comum, contudo deixam de ser normais quando a mulher não consegue alimentar-se devido a este facto. Podendo levar a desidratação e desnutrição, prejudicando a própria gravidez e o bebé. Dependente do caso pode ser necessário o internamento da paciente para tratamento.

Este sintoma de gravidez ocorre normalmente somente no primeiro trimestre, nas primeiras 12 semanas. Após este período, o caso é mais grave, denominado de hiperemese gravídica, condição de descontrole sobre enjoo e vómitos.

O tratamento irá depender de mulher, para mulher, pois depende da gravidade dos sintomas. A prevenção é feita através de um pré-natal com uma alimentação cuidada. Recorre-se normalmente à medicação para os enjoos.

Dores mamárias

Quando inicia-se a gestação o organismo da mulher começa a mudar para a adaptação da chegada do bebé. As mudanças ocorrem devido ao aumento de hormonas femininas. A progesterona é a principal hormona da gestação, provoca a retenção de líquidos e desconforto nas zonas mamárias e por sua vez o seu aumento. A dor nas mamas é um dos sintomas de gravidez, ocorre em algumas mulheres, causando o inicio da produção de leite.

Cólicas

Mais um dos sintomas de gravidez são as cólicas, ocorrem em diversos graus dependente da dor de cada paciente, pode ser normal devido ao crescimento do útero. Sempre que a mulher sinta cólicas ou dores pélvicas deve avisar o seu médico, pois apesar de ser normal pode ser um sintoma de uma infecção de urina ou outro tipo de problemas.

Este sintoma pode acontecer durante toda a gravidez, embora o terceiro trimestre costuma ser mais intenso.

Tonturas e sonolência

As mudanças naturais na mulher acontecem também no sistema cardiovascular, sendo as tonturas e a sonolência outro dos sintomas de gravidez. São comuns no começo da gestação, também por vezes aparecendo no terceiro trimestre.

As alterações também acontecem no sangue, devido à gravidez, criando retenção do sódio e água e descida da pressão arterial sistémica. Acontecem no inicio da gravidez, sendo o auge após os primeiros três meses, posteriormente mantém-se constantes até à chegada do bebé. Este processo contribui para o crescimento e desenvolvimento do feto para além de proteger a mãe contra certos risco do parto como a hemorragia. Este sintoma pode causas alguns inconvenientes tais como a tontura, mal estar, cansaço e sono, principalmente nos primeiros três meses.

Azia e prisão de ventre

O funcionamento do trato gastrointestinal durante a gestação também altera-se para adaptação do bebé.

O transito intestinal abrandará, podendo dar-se a azia, sintomas de refluxo, também é normal o intestino preso. Este sintomas de gravidez podem incomodar e causar dificuldades dependentes da sua intensidade. Estes sintomas aparecem normalmente no inicio mas aumentam no final da gravidez, quando o útero começa a comprimir o sistema digestivo.

Constante vontade de comer

Devido ás alterações do funcionamento do trato gastrointestinal, a grávida não deve ingerir grandes porções de comida, mas recomenda-se a que coma a cada 3 horas, sempre com uma alimentação equilibrada e saudável.

Alimentos ácidos como limão, laranja, ajudam a  aliviar o enjoo, dai ser comum a vontade por este tipo de alimentos.

Mudança dos seios

A mama irá ficar com mais volume ao longo da gestação, já o bico também irá crescer no final da gravidez, estas alterações fazem parte da adaptação do corpo para a amamentação.

Edemas

Sentirá um inchaço normal, que vai aumentando com o evoluir da gestação. A circulação do organismo  é modificada e o retorno de sangue nas pernas para o coração torna-se mais difícil devido a compressão do útero nas veias principais do organismo.

Por vezes o inchaço excessivo pode ser sinal de pré-eclampsia, deve ser detectado pelo seu médico na consulta pré-natal.

Vontade de urinar

A mulher sente mais vontade de urinar que o normal no começo deste período. O útero comprime a bexiga e a capacidade de armazenar urina diminui. A progesterona também provoca alterações no funcionamento do sistema urinário.

O aumento de ocorrências de micções pode ser sinal de infecção de urina, que é uma das infecções mais comuns na grávida, informe o seu médico. Tente estar atenta a outros sintomas como dor para urinar, febre, entre outros.

Cloasma

Para além das normais mudanças internas do corpo, as alterações também são externas, para além do aumento das taxas hormonais. Ocorrem alterações na pele como o aumento da pigmentação ou o surgimento de manchas no rosto- cloasma gravídico. Este tipo de cloasma normalmente regride posteriormente ao período de gravidez, excepto se for intenso, que pode causar manchas, recomenda-se protecção solar intensa.

Fonte

Partilhe.

Deixe o seu comentário