Primeiro ano do bebé

0

Durante o primeiro ano do bebé é frequente desenvolverem patologias, sendo algumas perigosas. Nos primeiros meses as infecções podem ser graves, caso identifique recorra a um hospital ou ao seu pediatra.

O primeiro ano do bebé é muito importante, pois os problemas que pode desenvolver, quando não devidamente cuidados podem continuar para o resto da vida do bebé. Deve prestar muita atenção aos diversos sintomas, e a regularidade com que eles aparecem.

 

6 Sintomas que deve prestar atenção!

  • Febre 
    • A febre de um bebé é sempre um sintoma importante em qualquer idade, contudo deve prestar atenção redobrada no primeiro ano do bebé. Caso a temperatura seja igual ou superior a 38ºC dirija-se à urgência mais próxima. Pode não ser alarmante devido à possibilidade de constipação ou de excesso de roupa mas pode ser outro sintoma;
  • Temperatura Baixa
    • Caso a temperatura do seu bebe esteja abaixo dos 36,3ºC, avise e contacte o seu pediatra;
  • Respiração acelerada
    • Pode ser um sintoma de uma infecção respiratória pois esta patologia faz com que a criança necessite de fazer mais esforço e respirar mais rápido. No caso do primeiro ano do bebé este esforço pode o cansar rapidamente levando à falta de oxigenação;
  • Recusa do peito ou do biberão
    • Caso haja recusa de 2 refeições seguidas deve contactar o seu pediatra;
  • Fralda seca
    • a desidratação é um problema grave num bebé, deve ter atenção caso note a fralda seca por mais de 6 horas;
  • Vómitos
    • Vomitar é um acto normal num bebé, contudo não é normal estar regularmente a vomitar.

Em qualquer um destes sintomas contacte o seu pediatra.

Infecções frequentes no primeiro ano do bebé:

  • Infecções respiratórias,
  • Otite,
  • Gastroenterites;
  • Infecções cutâneas.

Infecções respiratórias

As infecções respiratórias embora seja uma patologia frequente é pouco grave. Faz com que no primeiro ano do bebé, este encontre-se perturbado pela congestão nasal e com a tosse.

Caso a infecção alastre para as vias respiratórias inferiores já é grave, podendo estar a tratar-se de uma bronquiolite, necessitando o paciente de ser internado e de tratamentos adequados. Outra patologia que pode resultar é a pneumonia, caso seja de origem bacteriana necessita de tratamento com antibiótico.

Caso tenha alguma dúvida sobre o estado ou note algum sintoma do seu bebe recorra um especialista na área, um pediatra.

Otites

Sendo umas das infecções mais frequentes, geralmente tem uma origem bacteriana. Por vezes resulta por consequência de problemas nas vias superiores.

No primeiro de vida do bebé devem ser tratadas com antibiótico sob a consulta do seu pediatra. Devido a causar muito incomodo e de ser doloroso, notará frequentemente o seu bebé chorar e não querer comer, devido ao facto que ele quando engole, afecta o ouvido.

Gastroenterites

Frequentemente a origem das gastroenterites é viral, necessitam de uma hidratação oral constante, o bebé deve manter-se hidratado através da ingestão de de liquido (soro de reidratação oral). Alguns sintomas regulares no bebé são os vómitos, diarreia ou ambos.

Infecções cutâneas

Este tipo de infecções frequentes no primeiro ano do bebé necessitam de tratamento antibiótico adequado, oral ou tópico. Algumas infecções da pele ou tecidos moles como a varicela, sarampo urticária infecciosa, são de origem viral e frequentemente não necessitam de tratamentos com antibióticos, excepto o caso de infecções em estado mais grave.

 

 

Fonte1,

Partilhe.

Deixe o seu comentário